A trajetória de Mateus Cristianito “integração, técnica e indústria cultural”

Mateus Richard Cristianito é um produtor publicitário, atleta e artista intermídia.

Pernambucano criado na cidade de Paulista é formado em administração e estudou psicologia na Universidade de Pernambuco. Desde infância já se envolvia em grandes projetos artísticos. Na faculdade instruiu-se em planejamento e foi na publicidade que ganhou notoriedade. No ano de 2011 foi um dos grandes assessores da cultura Pernambucana, trabalhou como produtor publicitário, produzindo artistas e músicos independentes de Pernambuco.

A indústria da cultural de fato é um desafio e competitivo para muitos, mais muitos artistas provam que é possível obter um lugar ao sol. Quando falamos em arte, todos concordamos que fazer música, fotografia, teatro, filmes e series é um negócio de alto risco considerando o desfecho imprevisível frente a resposta do público. Sem dúvida, algumas obras de artes causam impactos infindáveis. Atores que se transformam em produtores, músicos que se transformam em atores, fotógrafos que se transformaram em produtores e
tiveram a sorte de encontrar sucesso nas suas produções de arte.

 

 

Mateus Cristianito/ Twitter: /Cristianitobr

 

Com o decaimento da cena cultural pernambucana em 2014 o artista migrou para o teatro e ganhou destaque como ator no espetáculo “A morte de Ofélia” uma releitura poética da obra “Falenas” de Machado de Assis. Entre 2015 e 2018 foi ao Rio de Janeiro participar de seminários acadêmicos e treinar hipismo, porém sincronicamente foi convidado para trabalhar nas produções de “Orgulho e Paixão” uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo.

A paixão dos brasileiros pela arte tem uma enorme relevância no dia a dia das pessoas pelo desejo de fazer parte de sua história, pois a vida de uma arte não acaba após o fim de sua obra.  “Arte e ciência são desobrigadas de tudo que foi introduzido pela convenção do homem, ambas gozam de uma absoluta imunidade em face do arbítrio humano. ” Schiller.

A música, a fotografia o e teatro no Brasil, tem um sentido especial. São formas de expressões, que melhor sintetiza a produção de conteúdo nacional e acadêmico. Possui uma grande influência na sociedade e na comunidade cientifica, em um país, marcado por tantas diversidades regionais, com uma geografia continental. Simboliza uma das principais representações sociais da realidade brasileira.

Em 2018 Mateus Cristianito foi a Londres para estudar técnicas de salto e adestramento para equitação clássica no qual até os dias de hoje participa de campeonatos em torno do território brasileiro. Sobre sua trajetória na cultura nacional revelou que tentou por muitas vezes entrar para ciências jurídicas porém quando se deu conta “a criação se tornou muito maior que o seu criador.” Revela.

Do signo de escorpião é obcecado por resultados. É modesto com os outro mais exigente consigo mesmo e o seu maior desafio é adquirir estabilidade emocional, pois segundo ele a indústria cultural é muito transitório e para você progredir é preciso se reinventar e ser obstinado, a regra de hoje não será a regra de amanhã, são formas, mercados, culturas, valores em constate mudança e é essencial você ser forte. Relata.

Mateus Cristianito leva o nome de Pernambuco a cenários nacionais e internacionais. O recifense ganhou a projeção no mundo da arte e da publicidade após protagonizar campanhas comerciais e editoriais. De estatura mediana de 1,78 metro de altura possibilitou uma incursão decisiva no mundo acadêmico e artístico, de uma trajetória provocativa, incrível beleza e um rosto expressivo recebeu um convite para ir a Mônaco na França para participar de campanhas editoriais. Hoje o artista pernambucano vive na cidade de São Paulo, se dedica ao hipismo e se preparada para estrear novos projetos pós- pandemia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.